O Exame XXIII passou, e alguns alunos não conseguiram a aprovação. Mas lembre-se: aos que não passaram, tenha em mente que já estarão pré-inscritos para a segunda fase do Exame de Ordem. E agora, qual será o melhor método de estudo para a 2ª fase?

Após escolher a matéria que deseja prestar na segunda fase do Exame da OAB, delimite o quanto de tempo você tem para estudar por dia. Porém, é válido ressaltar: quantidade não significa qualidade. Aproveite com sabedoria seu tempo livre.

Uma boa maneira de se preparar novamente para a 2ª fase da prova é resolver provas anteriores. A banca responsável pela aplicação da prova é a FGV, que já é responsável pela prova da OAB há algum tempo. Tenha em mente o que a FGV mais costuma cobrar, tanto na peça prático-profissional, como nas questões. É nesse ponto que você deve se valer de um antigo ditado: “a prática leva à perfeição’’.

Estude com uma metodologia inovadora e com profissionais qualificados. A EBRADI elaborou os melhores cursos de segunda fase para a Prova da OAB do mercado, que têm apenas um objetivo: a sua aprovação.