Ao terminar o curso de Direito, antes de começar a advogar é preciso se inscrever na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Porém, o estatuto da classe determina que a aprovação no Exame de Ordem é um dos requisitos para ingressar nos quadros da entidade e exercer a profissão.

A prova é composta por duas fases: a primeira, com 80 questões objetivas, e a segunda, com a peça processual e questões discursivas. São várias disciplinas exigidas pelo edital, portanto, é fundamental se dedicar aos estudos para ter sucesso e conseguir a aprovação.

Para ajudá-lo a conquistar esse sonho, preparamos este conteúdo com 9 dicas para passar no exame da OAB. Ficou interessado? Então continue a leitura!

1. Escolha com cuidado a matéria da segunda fase

Na hora de fazer a inscrição para a prova, inclusive na repescagem, o candidato deve escolher a disciplina da segunda fase. Essa é uma escolha de extrema importância, tendo em vista que a peça processual e as questões discursivas trarão conteúdos dessa área de conhecimento. É possível escolher entre:

  • Direito Administrativo;
  • Direito Civil;
  • Direito Constitucional;
  • Direito do Trabalho;
  • Direito Empresarial;
  • Direito Penal;
  • Direito Tributário.

O ideal é escolher uma área com a qual você fique à vontade e tenha mais afinidade. A prova exige conhecimentos bastante específicos, desse modo, escolher uma disciplina com base no número de peças, por exemplo, pode tornar a preparação mais difícil e prejudicar o desempenho na prova.

2. Organize um espaço para estudar

A concentração é essencial para ter um bom rendimento nos estudos, e um ambiente organizado ajuda a manter o foco. Portanto, encontre um lugar adequado, com mesa e cadeira confortáveis.

Deixe apenas os itens necessários para os estudos, como livros, Vade Mecum, notebook, cadernos, materiais de papelaria etc. Muitos objetos acumulados ou uma mesa com desorganização dificultam o foco e aumentam as chances de você se distrair.

3. Leia o edital completo

Todas as provas da OAB contam com um edital específico, que traz as regras sobre o exame. Ele é fundamental para organizar os estudos e evitar transtornos durante a prova, como entrar na sala com itens proibidos ou ter problemas com a marcação do Vade Mecum para a segunda fase.

Além disso, é esse documento que detalha todos os conteúdos que serão cobrados na prova e as datas de cada etapa, itens fundamentais para que você um bom planejamento de estudos. Todos os editais são publicados no site da OAB/FGV.

4. Separe os materiais de estudo

Os materiais usados durante a preparação são fundamentais para um bom desempenho. Aqui, uma das dicas para passar no exame da OAB é focar na “letra da lei”. Ler livros, resumos e esquemas sobre a matéria auxilia na preparação, mas a cobrança de conteúdos é baseada nos textos da legislação, por isso, sempre invista um tempo na leitura da lei.

Também é importante encontrar livros atualizados, devido às constantes mudanças da legislação. Outros itens necessários para os estudos são as anotações e resumos feitos durante a faculdade e provas antigas da OAB, para trabalhar a resolução de questões.

5. Descubra o horário de melhor rendimento

Geralmente, as pessoas têm um período do dia em que conseguem render mais. Alguns desenvolvem bem as suas tarefas pela manhã, enquanto outros conseguem melhores resultados quando se dedicam no período da noite.

Conhecer o melhor período para se dedicar potencializa os seus estudos e aumenta a sua produtividade. Porém, se não for possível se dedicar nesse horário, defina as horas disponíveis durante a semana para que você possa montar um bom planejamento.

6. Monte um cronograma

Como já falamos, a prova cobra um grande volume de disciplinas, portanto é preciso se organizar para ter tempo de estudar toda a matéria. Dessa forma, o cronograma de estudos é essencial entre as dicas para passar no exame da OAB.

Crie um calendário com todo o período até a data da prova e separe os horários disponíveis para estudar em cada dia. O próximo passo é preenchê-lo com as matérias que precisam ser estudadas, incluindo atividades específicas como resolver questões, assistir aulas ou revisar o conteúdo da semana.

Um ponto importante é lembrar de estabelecer intervalos e períodos de descanso para que a sua mente possa relaxar. Isso é fundamental para reduzir o estresse e o cansaço, fazendo com que o cérebro renda mais nos estudos.

7. Aposte em técnicas de concentração

Existem diversas técnicas de concentração que podem ser usadas para potencializar os seus resultados. Uma das mais utilizadas é o método pomodoro, que consiste em períodos de foco, seguidos por pequenos intervalos.

Essa técnica foi desenvolvida determinando períodos de 25 minutos de trabalho, chamados pomodoros, seguidos por intervalos de 5 minutos. Esse tempo deve ser adaptado de acordo com o seu rendimento, mas o ideal é que os pomodoros não ultrapassem 45 minutos. Além disso, depois de 4 blocos de estudo é essencial fazer um intervalo mais longo, com até 30 minutos.

Ao aplicar esse método, é importante evitar todas as distrações durante os blocos de estudo. Assim, nos intervalos você pode aproveitar outras atividades, como comer, verificar as redes sociais e relaxar. Com o tempo, o seu corpo se adaptará a nova rotina e apresentará melhores resultados, com mais foco e concentração.

8. Resolva provas anteriores

Resolver questões é uma técnica de estudo essencial, pois mede o aprendizado do candidato. Isso permite a identificação de pontos fortes e fracos, além de ser um método efetivo para a fixação da matéria.

Por isso, uma das dicas para passar no exame da OAB é apostar na solução de provas anteriores. Você vai se acostumar ao formato da prova e observar os assuntos mais cobrados para adaptar a sua rotina de estudos. Porém, mantenha-se atento às mudanças na legislação, tendo em vista que ocorrem alterações todos os anos.

Os simulados aplicados pelas faculdades ou cursos preparatórios também são uma ótima alternativa para se potencializar os estudos: além de treinar a resolução de questões, você também terá a oportunidade de se adaptar à dinâmica da prova.

9. Invista em um curso preparatório

Essa é uma das principais dicas para passar no exame da OAB. Os cursos preparatórios são desenvolvidos baseados no edital, portanto, oferecem conteúdos completos para ajudar nos estudos. Os professores são especializados e atuam com foco na prova, considerando os exames anteriores e assuntos mais cobrados, além de oferecer uma didática específica, alinhada ao estilo da banca organizadora.

O corpo docente tem experiência no Exame de Ordem, os professores do cursinho também oferecem dicas e macetes que podem ser aplicadas durante a prova para melhorar o desempenho. Além disso, seguir o cronograma de aulas e os materiais fornecidos também ajuda manter o foco e a organização para estudar.

Agora que você conhece as nossas dicas para passar no exame da OAB, procure colocá-las em prática. Planeje a sua rotina de estudos e tenha disciplina durante a preparação para a prova. Essa é uma tarefa que exige muita dedicação, mas conseguir a aprovação e a tão sonhada carteirinha farão todo o esforço valer a pena.

Gostou das nossas dicas? Para acompanhar outros conteúdos sobre Direito e advocacia, assine a nossa newsletter e receba e-mails com as nossas atualizações!