Todo profissional que busca obter bons resultados na atuação profissional deve manter a prática jurídica em constante aprimoramento e atualização. A prática jurídica é o conjunto de atividades jurídicas necessárias para atuar com eficiência na advocacia perante Tribunais, órgãos administrativos, Ministério Público, entre outros.

As principais tarefas desempenhadas durante a prática jurídica são: atendimento ao público, redação das peças processuais, participação em audiências, realização de arbitragem, mediação e conciliação. Portanto, trata-se de uma verdadeira atividade de empreendedorismo jurídico.

Para o profissional dessa área, não é suficiente apenas ser formado em Direito. É fundamental estar regularmente inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) da sessão correspondente. Além disso, para prestar serviços jurídicos com eficiência, é necessário investir constantemente em qualificação.

Confira a seguir algumas dicas para potencializar a sua prática jurídica e ganhar relevância no mercado profissional!

Melhores estratégias de aprimoramento

Segmentação de clientes

Nem sempre as oportunidades no mercado jurídico são o que parecem, pois alguns clientes podem trazer mais problemas do que retorno financeiro para o escritório. Calcule se o valor ou ganho agregado pelo cliente ao negócio realmente compensa as perdas e os gastos. Se for o caso de déficit, não hesite em recusar o trabalho.

Essa segmentação dos clientes é uma estratégia essencial para obter sucesso na construção da prática jurídica. Afinal, compreender a estrutura financeira do mercado jurídico e dos potenciais clientes é a chave para saber quando é preciso aceitar ou recusar determinadas oportunidades.

Escolha da(s) área(s) de atuação e desenvolvimento de um plano de negócios

Três atributos essenciais da boa prática jurídica são: objetividade, foco e estratégia.

É evidente que, no universo da advocacia, é necessário que os profissionais prestem serviços apenas quando demandados. Contudo, desista da ideia de “abraçar o mundo”. Tenha foco, objetividade e estratégia para que seja possível se destacar apenas em determinadas áreas do mercado.

Ao fazer isso, o profissional se torna capaz de identificar quais tipos de clientes demandam os serviços prestados e, assim, desenvolver estratégias para ser o prestador alvo de potenciais clientes quando surgirem necessidades e serviços ligados a determinados problemas jurídicos.

Para driblar a concorrência e obter efetivas demandas de prática jurídica, basta dar atenção aos seguintes pontos:

  • se os clientes-alvo representam um mercado viável;
  • se aquele nicho é capaz de trazer renda suficiente e se é expressivo o bastante para viabilizar a expansão do negócio;
  • contabilizar quanto tempo será necessário para cobrir as despesas básicas da profissão e gerar lucro.

O profissional que se preocupa com essas questões certamente será capaz de aprimorar a sua prática jurídica, pois identificará a sua principal área de atuação. Assim, poderá desenvolver um plano de negócios para atendê-la com eficiência e obter destaque no mercado.

Busca por vivências práticas

O sucesso na advocacia depende muito de experiências práticas vivenciadas pelos profissionais da área. Isso significa que é importante exercitar com frequência as habilidades de escrita, fala e autopromoção (sempre com respeito ao Código de Ética da OAB), com o objetivo de liderar o mercado e se manter no centro dos holofotes.

Portanto, os profissionais devem efetivamente utilizar o seu tempo para desenvolver essas práticas jurídicas de aprimoramento capazes transformá-los em figuras de destaque no mercado. Ser ativo nas redes sociais, participar de cursos, entrevistas, eventos, congressos, promover workshops, publicar artigos e compartilhar experiências são bons exemplos de atividades que podem ser feitas.

Essas práticas podem ser essenciais para transformar qualquer advogado em uma go-to person daquela área! É certo que os bons profissionais fornecem excelentes serviços jurídicos. Porém, os ótimos profissionais são aqueles com a prática jurídica bastante desenvolvida, sendo realmente capazes de solucionar problemas e propagar conhecimento no mundo do Direito.

Apenas será completa e eficiente a prática jurídica que identifica problemas comuns no mercado-alvo e desenvolve soluções modelo que se adaptam às especificidades do caso concreto, ao dia a dia dos clientes!

Atualização por meio de cursos específicos

Por fim, não basta selecionar clientes, escolher um nicho do mercado e desenvolver um plano de negócios para ele ou propagar conhecimento em posição de destaque no mercado. O Direito é uma área do conhecimento dinâmica que exige constante aprimoramento profissional.

Portanto, aqueles advogados que buscam efetivamente potencializar a sua atuação devem se manter atualizados quanto a todas as mudanças nas leis, jurisprudência e doutrina. Para isso, é essencial realizar cursos de atualização profissional específicos para as áreas de atuação.

Esses cursos devem ser providenciados não somente aos advogados que trabalham com demandas de alta complexidade, mas também aos auxiliares administrativos, estagiários e todo o pessoal do escritório que atuar nos serviços jurídicos. Afinal, muitas vezes, as inovações refletem em tarefas desempenhadas por esses profissionais, que são essenciais para o andamento dos processos e relacionamento com clientes.

Principais tendências do mercado jurídico

A prática jurídica tem evoluído ao lado da expansão tecnológica. Por isso, os profissionais da área devem estar sempre adaptados às novas demandas do mercado. Nesse sentido, é essencial prestar atenção a alguns pontos:

  • investir constantemente em recursos digitais: afinal, a nova era da propagação de informação e relacionamento interpessoal caminha para se tornar inteiramente virtual;
  • fortalecer o Marketing Jurídico Digital: pois é por meio da divulgação de bons conteúdos digitais que o advogado poderá atingir o nicho do mercado visado e obter destaque junto aos clientes, potenciais clientes e demais profissionais da área;
  • utilizar chatbots: tratam-se de robôs de atendimento que, por meio da inteligência artificial, comunicam-se de maneira automatizada e podem auxiliar em tarefas como responder dúvidas, enviar e-mails, agendar consultas jurídicas, interagir com usuários de sites, entre outros;
  • adotar o armazenamento em nuvem: essa ferramenta permite salvar arquivos digitais em pastas virtuais na rede. As vantagens para profissionais jurídicos incluem a maior segurança e facilidade de acesso aos documentos armazenados;
  • adquirir chaves de assinatura digital: tais chaves são essenciais para proteger documentos eletrônicos, garantindo segurança às informações neles contidas. Ela garante a confidencialidade de conteúdos sensíveis e representa uma importante ferramenta para escritórios e clientes.

Portanto, para desenvolver uma prática jurídica verdadeiramente eficiente, é crucial que o profissional da área dê atenção a todos esses pontos, seja com relação às estratégias de aprimoramento, seja quanto ao acompanhamento de cada uma das tendências do mercado jurídico.

Gostou das dicas para potencializar a prática jurídica? Descubra agora quais são as boas práticas no mercado de trabalho em Direito e aprenda a se destacar!