| PÓS-GRADUAÇÃO DIGITAL

Advocacia Trabalhista

Aarão Miranda

Formação Acadêmica Graduação: Em 1998 ingressou na Faculdade Metropolitanas Unidas, onde se bacharelou em 2002. Especialização: realizada em Direito do Trabalho pela USP em 2005. Mestrado: obteve seu título de mestre em Direito do Trabalho pela Universidade Metropolitana de Santos em 2008. Atuação Profissional Atua como professor, autor de obras jurídicas e advogado. Atuação em Entidades É professor da Universidade São Judas Tadeu. É associado à Associação dos Advogados de São Paulo. Publicações É autor de A pandemia de Covid-19, o direito à privacidade e a LGPD, publicado pelo Jus Navegandi em 2020. É autor de A peste do Covid-19 e algumas reflexões sobre a cultura brasileira, publicado pelo Jus Navegandi em 2020.      

Adriana Calvo Pimenta

Doutora, Mestre e Especialista em Direito do Trabalho (Direito das Relações Sociais) pela PUC/SP;  Professora Convidada do Curso de Pós-Graduação em Direito do Trabalho Empresarial da FGV Direito RJ;  Professora Convidada do Curso de Pós-Graduação de Direito do Trabalho da PUC/PR;  Professora Convidada do Curso de Pós-Graduação em Direito do Trabalho da ESA/SP;  Programa de Educação Continuada em Previdência Complementar pela Gvlaw; Especialização em Direito Americano – “Legal Assistantship” pela UCI/ California;  Experiência de 16 anos como advogada trabalhista em grandes bancas de advocacia de São Paulo; Bacharel em Direito pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco – US.

Adriano Ferreira

Formação Acadêmica Graduação: Em 1995 ingressou na Faculdade de Direito da USP, onde se bacharelou em 1999. Mestrado: Em 2004 obteve o título de mestre em Direito Político e Econômico pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. No mesmo ano obteve o título de mestre em Letras pela USP. Doutorado: Em 2010, fez doutorado em Literatura Brasileira USP. Se tornou doutor em Ciências Sociais pela PUC/SP em 2012. Defendeu doutorado na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, em novembro de 2015. Atuação Profissional Atua como professor, autor de obras jurídicas e advogado. Atuação em Entidades Coordenador Geral da Escola Superior de Advocacia da OAB – Seção SP. Foi membro de corpo editorial da Revista de Crítica Jurídica. Publicações É autor de Advocacia em ebulição: A Ordem, o advogado e o profissionalismo, da A. Ferreira. Autor de Questão de Classes. Direito, Estado e Capitalismo em Menger, Stutchka e Pachukanis, da Editora Alfa Omega. É autor de Questões Políticas na Comédia Declamada Brasileira: 1837-1938, da A. Ferreira.    

Alexandre Cardoso

Formação Acadêmica Graduação: Em 1992 ingressou na Faculdade de Direito da USP, onde se bacharelou em 1996. Mestrado: Em 1999 obteve o título de mestre em Direito do Trabalho pela Faculdade de Direito da USP. Doutorado: Defendeu doutorado de Direito do Trabalho na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, em 2003. Atuação Profissional Atua como professor e advogado. Participou no 8º Congresso Brasileiro de Sociedades de Advogados, no Painel Critérios Determinantes da Fixação de Honorários, no ano de 2018. Atuação em Entidades Membro da AASP (Associação dos Advogados de São Paulo) e do IASP (Instituto dos Advogados de São Paulo). Titular da Cadeira no 37 da Academia Paulista de Direito do Trabalho. Publicações Escreveu o capítulo “Os Tratados Existentes e as Relações Trabalhistas e Previdenciárias”, do livro Constitucionalização do Direito do Trabalho no MERCOSUL, da Editora LTr.    

Antônio Carlos Aguiar

Formação Acadêmica Graduação: em 1984 ingressou na PUC/SP, onde se bacharelou em 1988. Mestrado: obteve seu título de mestre em Direito do Trabalho pela PUC/SP em 2006. Doutorado: defendeu sua tese em Direito do Trabalho pela PUC/SP em 2016. Atuação Profissional Atua como professor, autor de obras jurídicas e advogado. Atuação em Entidades É professor convidado da Escola Paulista de Direito. Foi professor doutor do Centro Universitário Fundação Santo André de 1994 até 2018. Publicações É autor de Vamos colocar um piercing na velha CLT?, publicado pelo Suplemento Trabalhista em 2017. É autor de Litigância de má-fé e detração processual, publicado pela Revista dos Tribunais em 2017. É autor de O que significa ‘Estado de Greve’, publicado pelo Suplemento Trabalhista em 2015.

Antônio Galvão Peres

Formação Acadêmica Graduação: em 1995 ingressou na PUC/SP, onde se bacharelou em 1999. Mestrado: obteve seu título de mestre em Direito do Trabalho pela USP em 2004. Doutorado: defendeu sua tese em Direito do Trabalho pela USP em 2008. Atuação Profissional Atua como professor, autor de obras jurídicas e advogado. Atuação em Entidades É professor convidado da Escola Brasileira de Direito. É professor no Instituto de Direito Contemporâneo. É professor no Instituto Brasileiro de Direito Administrativo. Publicações É coautor de Trabalho artístico da criança e do adolescente – valores constitucionais e normas de proteção, publicado pela Revista do Tribunal Superior do Trabalho de 2013. É coautor de Contratos de aprendizagem e a polêmica, publicado pela Revista Justiça e Cidadania em 2012.

Carla Teresa Martins Romar

Formação Acadêmica Graduação: em 1984 ingressou na USP, onde se bacharelou em 1988. Especialização: realizada em Direito Penal pela USP em 1992. Mestrado: obteve seu título de mestre em Direito do Trabalho pela PUC/SP em 1998. Doutorado: defendeu sua tese em Direito do Trabalho pela PUC/SP em 2003. Atuação Profissional Atua como professora, autora de obras jurídicas e advogada. Atuação em Entidades É professora visitante da Università degli Studdo di Roma Tor Vergata. É professora colaboradora da Faculdade de Administração e Negócios – FIA. É professora assistente doutora da PUC/SP. É professora visitante das Faculdades Integradas Antônio Eufrásio de Toledo. Publicações É autora de OIT, tripartismo, diálogo social y concentración social, publicado pela Revista Derecho del Trabalho em 2019. É coautora de Terceirização em atividade-fim e em atividade-meio após a lei n. 13.467/17 – pacificação da questão?, publicado pela Revista do Advogado em 2018.

Carlos Eduardo Dantas

Formação Acadêmica Graduação: em 2001 ingressou na Universidade Presbiteriana Mackenzie, onde se bacharelou em 2005. Especialização: realizada em Direito do Trabalho pela PUC/SP em 2008 e em Administração de Empresas pela FGV-SP em 2010. Mestrado: obteve seu título de mestre em Direito pela PUC/SP em 2015. Atuação Profissional Atua como professor, autor de obras jurídicas e advogado. Atuação em Entidades É professor titular da Fundação Getúlio Vargas. É professor visitante da Escola Superior da Advocacia da OAB/SP. É professor visitante da Faculdade de Campinas. É professor visitante da Escola Brasileira de Direito. Publicações É autor de Dinheiro e Poder: os chifres do diabo na estrutura sindical brasileira, publicado pelo Suplemento Trabalhista em 2015. É autor de Organização e representação de trabalhadores no local de trabalho, publicado pela Revista LTR em 2014. É autor de Ponto Eletrônico: flexibilização e novo prazo, publicado pela Revista Jurídica Consulex em 2011.

Carlos Henrique Bezerra Leite

Formação Acadêmica Graduação: em 1981 ingressou na Universidade Federal do Espírito Santo, onde se bacharelou em 1986. Especialização: realizada em Direito e Processo do Trabalho pelo Instituto Ceciliano Abel de Almeida em 1994. Mestrado: obteve seu título de mestre em Direitos Humanos pela PUC/SP em 2001. Doutorado: defendeu sua tese em Direito Processual do Trabalho pela PUC/SP em 2003. Atuação Profissional Atua como professor e autor de obras jurídicas. Atuação em Entidades É professor da Faculdade de Direito de Vitória. Publicações É coautor de Estimativa ou liquidez dos pedidos da petição inicial trabalhista? Repercussões no direito fundamental de acesso à justiça: uma interpretação conforme a Constituição, publicado pela Revista Magister de Direito do Trabalho em 2019. É autor de A cláusula de quitação ampla e irrestrita dos direitos trabalhistas nos programas de demissão voluntária à luz da jurisprudência do TST e STF e da Reforma Trabalhista, publicado pela Revista Magister de Direito do Trabalho em 2019.

Cláudia José Abud

Formação Acadêmica Graduação: em 1984 ingressou no Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas, onde se bacharelou em 1988. Mestrado: obteve seu título de mestre em Direito do Trabalho pela PUC/SP em 2000. Doutorado: defendeu sua tese em Direito do Trabalho pela PUC/SP em 2007. Atuação Profissional Atua como professor, autor de obras jurídicas e advogado. Atuação em Entidades É professora assistente da PUC – COGEAE. É professora titular da Universidade Paulista. É associada da Associação Luso-Brasileira de Juristas do Trabalho. Publicações É autora de Dano existencial nas Relações de Trabalho, publicado pela Revista de Direito do Trabalho em 2018. É autora de Dano moral decorrente de acidente de trabalho, publicado pela Revista de Direito do Trabalho em 2015.

Claudimir Supioni

Formação Acadêmica Especialização: realizada em Direito do Trabalho pela PUC/SP em 2010. Mestrado: obteve seu título de mestre em Direito do Trabalho pela PUC/SP em 2014. Doutorado: defendeu sua tese em Direito do Trabalho pela PUC/SP em 2017. Atuação Profissional Atua como professor, autor de obras jurídicas e advogado. Atuação em Entidades É advogado sócio do Escritório Jardim e Supioni Advogados Associados.

Dânia Fiorin Longhi

Mestre em Direito das Relações Sociais (sub área: Direito do Trabalho) na PUC/SP (2008).Especialista em Direito Empresarial pela FGV-RJ (2002). Integrante da Comissão de Direito Sindical da OAB/SP. Ministrou o Curso de Direito Sindical na TV Justiça – STF.    

Eduardo Sousa

Graduado em Direito; Especialista em Direito Material e Processual do Trabalho; Professor Universitário de Direito Processual do Trabalho e Prática Jurídica Trabalhista; Professor de curso de pós-graduação à distância; Professor de cursos preparatórios para Exame da OAB e concursos.

Flavio Nunes

Engenheiro Civil; Engenheiro de Segurança no Trabalho; Pós-Graduação em Gestão Empresarial e Economia.

Francisco Ferreira Jorge Neto

Formação Acadêmica Graduação: em 1980 ingressou na USP, onde se bacharelou em 1988. Mestrado: obteve seu título de mestre em Direito do Trabalho pela PUC/SP em 2000. Atuação Profissional Atua como professor, autor de obras jurídicas e Desembargador Federal do Trabalho pelo Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região. Atuação em Entidades É professor da pós-graduação da Escola Paulista de Direito. Publicações É coautor de O coronavírus: uma pandemia jurídica trabalhista e a MP 927/2020, publicado pela Revista Conceito Jurídico em 2020. É coautor de IPCA-E como critério de atualização monetária dos créditos trabalhistas, publicado pelo Conceito Jurídico em 2020.

Ítalo Moreira

Possui graduação em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2008-2012). Especialização concluída em Direito e Processo do Trabalho, pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2013-2014). Mestre em Direito do Trabalho, pela PUCMinas. (2015-2016). Coordenador do curso de Direito do Instituto Doctum unidade João Monlevade. Professor nos Cursos de pós graduação lato sensu IEC/PUC Minas (especialização) das disciplinas de de Direito do Trabalho, Processo do Trabalho, Processo Coletivo e Direito Previdenciário e na graduação (PUC Minas e Instituto Doctum) de Direito do Trabalho e Processo Civil. Autor de artigos jurídicos relacionados ao Direito do Trabalho, Processo do Trabalho e Direito Processual Civil. . Advogado Trabalhista inscrito na OAB/MG sob o nº 143.134. Membro da Comissão de Direito Sindical da OAB/MG. Monitor da Disciplina de Processo do Trabalho no ano de 2012. Extensionista do Núcleo de Prática Arbitral e do Grupo de Estudo Empresariais- da PUC MINAS junto ao CNPQ, integrando a Coordenadoria de Publicação e Pesquisa no ano de 2013.  

Jorge Cavalcanti Boucinhas

Formação Acadêmica Graduação: em 1998 ingressou na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, onde se bacharelou em 2003. Especialização: realizada em Direito do Trabalho pela Universidade Potiguar em 2005. Mestrado: obteve seu título de mestre em Direito do Trabalho pela USP em 2008. Doutorado: defendeu sua tese em Direito do Trabalho pela USP em 2012. Atuação Profissional Atua como professor e autor de obras jurídicas. Atuação em Entidades É professor da Fundação Getúlio Vargas. É coordenador da pós-graduação de Jundiaí da Escola Superior de Advocacia da OAB/SP. É professor doutor da Universidade São Judas Tadeu. É professor visitante da PUC/SP. É acadêmico da Academia Brasileira de Direito do Trabalho. Publicações É autor de A reforma trabalhista e os honorários de advogado na Justiça do Trabalho, publicado pela Revista do Advogado em 2018. É autor de Execução unificada na Justiça do Trabalho, publicado pela Revista da Academia Brasileira de Direito do Trabalho em 2017.

Kátia Alvarenga Franza Gatti

Mestre em Direito Tributário pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (set/2016) – Bolsista CAPES (abril a novembro/2015). Especialista em Direito Tributário e Processo Tributário pela EPD – Escola Paulista de Direito. Graduada em Direito pela Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo. Professora do Curso de Pós Graduação em Direito Tributário e Processo Tributário na EPD – Escola Paulista de Direito Professora Convidada de Metodologia Científica – Escola Paulista de Direito EPD Professora Convidada do Curso de Pós Graduação em Direito Tributário da Universidade São Judas Advogada – Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito e Processo Tributário, Consultoria Tributária e Processo Civil. Membro do Grupo de Estudos do Professor Paulo de Barros Carvalho (IBET-SP) em Lógica Jurídica.  

Lucyla Tellez Merino

Formação Acadêmica Graduação: em 1993 ingressou na Universidade São Judas Tadeu, onde se bacharelou em 1997. Mestrado: obteve seu título de mestre em Direito do Trabalho pela USP em 2006. Doutorado: defendeu sua tese em Direito do Trabalho pela USP em 2011. Atuação Profissional Atua como professora, autora de obras jurídicas e advogada. Atuação em Entidades É professora da Universidade São Judas Tadeu. É professora da pós-graduação da Escola Paulista de Direito. É professora da pós-graduação da Universidade Municipal de São Caetano do Sul. Publicações É autora de Reflexões acerca da pesquisa de Associação dos Magistrados Brasileiros 2006 no que tange a legislação trabalhista, publicado pelo Direito e Sociedade em 2007. É autora de A advocacia trabalhista preventiva como instrumento na gestão da empresa, publicado pela Revista Abigraf em 2005.  

Marcella Pagani

Possui graduação em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2000) e pós-graduação lato sensu em Direito do Trabalho e Previdenciário pela Universidade Gama Filho/RJ. Doutora e Mestre em Direito do Trabalho pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Professora de Direito do Trabalho e Processual do Trabalho. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Privado, atuando principalmente nos seguintes ramos do Direito Privado: Direito Empresarial e Direito do Trabalho.  

Maria Cristina Diniz

Possui graduação em Direito pelo Centro Universitário de Sete Lagoas (1982) e graduação em Letras pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (1976). Pós Graduação em Direito do Trabalho: Materialidade, Instrumentalidade e Efetividade PUC/MINAS. Mestre pela Universidade Castilha La Mancha – Espanha. Atualmente é juíza do trabalho – Tribunal Regional do Trabalho – 3ª Região, professor – Faculdades Integradas de Pedro Leopoldo e professor do Centro Universitário UNA (disciplinas – Processo do Trabalho – Direito do Trabalho – Prática Trabalhista). Mestranda em Processo pela PUC/MINAS. Membro do Conselho Consultivo da Escola Judicial do TRT da 3ª Região. Vice-Presidente do Fórum Nacional de Preservação da Memória da Justiça do Trabalho. Supervisora da Comissão de Gestão Documental do TRT/MG e Membro do Conselho Editorial da Revista do TRT/MG.    

Maurício Góes

Formação Acadêmica Graduação: em 1993 ingressou na Universidade Luterana do Brasil, onde se bacharelou em 1998. Especialização: realizada em Direito do Trabalho pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos em 2001. Mestrado: obteve seu título de mestre em Direito do Trabalho pela Universidade Luterana do Brasil em 2008. Doutorado: defendeu sua tese em Direito do Trabalho pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos em 2014. Atuação Profissional Atua como professor, autor de obras jurídicas e advogado. Atuação em Entidades É professor da PUC/RS. É Diretor da Associação de Advogados Trabalhistas de Empresas no Rio Grande do Sul. É professor da especialização da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Publicações É autor de A modalidade de teletrabalho e a lei n. 13.467/17: impactos materiais e processuais, publicado pela Revista da Academia Sul-Riograndense de Direito do Trabalho em 2019. É autor de A proporcionalidade do aviso prévio e a tendência jurisprudencial à luz do princípio da isonomia, publicado pela Revista Fórum Justiça do Trabalho em 2018.

Maurício Pereira Simões

Formação Acadêmica Graduação: em 1997 ingressou na Universidade de Mogi das Cruzes, onde se bacharelou em 2001. Especialização: realizada em Direito do Trabalho pela PUC/SP em 2004, em Direito do Trabalho e da Seguridade Social pela USP em 2011 e em Direito do Trabalho pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa atualmente. Mestrado: obteve seu título de mestre em Ciências Sociais pela PUC/SP em 2014 e em Direito pela USP em 2016. Doutorado: defendeu sua tese em Direito pela USP em 2019. Atuação Profissional Atua como professor, autor de obras jurídicas e Juiz do Trabalho Substituto do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região. Atuação em Entidades É professor visitante da Escola Paulista de Direito. É professor visitante da Escola Superior da Advocacia. É professor visitante da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Publicações É autor de A Filosofia do Direito do Trabalho – um olhar humanista, publicado pelo Suplemento Trabalhista em 2012. É autor de O Efeito Repetitivo e a Formação de Precedentes Obrigatórios na Justiça do Trabalho, da Editora LTR.

Ministro Ives Gandra Martins Filho

Formação Acadêmica Graduação: Em 1977 ingressou na Faculdade de Direito da USP, onde se bacharelou em 1981. Mestrado: Em 1991 obteve o título de mestre em Direito Civil Comparado pela Universidade de Brasília. Doutorado: Defendeu doutorado na universidade Federal do Rio Grande do Sul, em 2014. Doutor honoris causa: Desde 2017 em Filosofia pela Academia Brasileira de Filosofia. Atuação Profissional Atua como professor e autor de obras jurídicas. Ministro do Tribunal Superior do Trabalho. Dentro do TST, já atuou como Presidente e Vice-Presidente da Corte, Corregedor-Geral da Justiça do Trabalho, Presidente das 7ª e 5ª turmas e da Comissão e Jurisprudencia e Precedentes Normativos do TST. Atuou subprocurador-geral do Trabalho. Já foi Assessor Especial da Casa Civil da Presidência da República e Assessor do Ministro Coqueijo Costa no TST. Atuou como advogado em causas cíveis e trabalhistas. Atuação em Entidades Coordena as Revistas LTr, do TST e de Direito do Trabalho da RT e da Lex-Magister. Membro da Academia Nacional de Direito do Trabalho, da Academia Brasiliense de Direito do Trabalho, da Academia Paulista de Magistrados e da Academia Internacional de Direito e Economia. Membro do Conselho Superior da Justiça do Trabalho. Foi Conselheiro do CNJ. Publicações É autor do Manual esquematizado de direito e processo do trabalho, da Editora SaraivaJur. Autor de Processo Coletivo do Trabalho, da Editora LTr. Autor de Manual Esquemático de Filosofia, da Editora LTr.

Ministro João Batista Brito Pereira

Ministro do Tribunal Superior do Trabalho. Atuou como Procurador do Trabalho (1988). Subprocurador-Geral do Trabalho (1989), Ministro do Tribunal Superior Trabalho, (2000). Integrou o Conselho Superior da Justiça do Trabalho nos biênios 2009/2011 e 2014/2016. É membro do Órgão Especial do Tribunal Superior do Trabalho. Integrou a Delegação Brasileira, como observador, na 91ª Conferência Internacional do Trabalho da OIT, realizada em Genebra, na Suíça (julho/2003). Integrou o grupo de estudos sobre “El sistema de las normas internacionales de Trabajo”, realizado em Genebra, na Suíça, e Turim, na Itália, em setembro de 2004. Trabalhou como Corregedor-Geral da Justiça do Trabalho, no biênio 2014-2016. Integrou a Delegação Brasileira, como observador, na “106ª Session de Conférence Internationale du Travail”da OIT (2017). Presidente do Tribunal Superior do Trabalho e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho no biênio 2018-2020.

Ministro Márcio Eurico Vitral

Ministro do Superior Tribunal do Trabalho, ingressou na Magistratura (1987), perante o Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região, promovido por merecimento a juiz do recém-criado Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região, (1992) com sede em Campo Grande (MS), e eleito como seu primeiro presidente, cargo que exerceu no biênio 1993/1994. Desde 14 de novembro de 2007 exerce o cargo de ministro do Tribunal Superior do Trabalho. É Graduado em Direito pela Universidade Católica de Minas Gerais (1980).

Pedro Paulo Teixeira Manus

Formação Acadêmica Graduação: Entrou na Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), graduando em 1973. Pós-Graduação: Fez duas especializações na Universita Degli Studi Di Roma, na Itália em 1975. Se especializando em Direito Civil e Direito do Trabalho. Mestrado: Em 1983, se tornou mestre em Direito do Trabalho na Universidade de São Paulo (USP). Doutorado: Defendeu doutorado de Direito do Trabalho na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP) em 1995. Atuação Profissional Atua como professor e autor de obras jurídicas. Diretor da Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Trabalhou como Ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST) entre 2007 e 2013. Quando trabalhou no Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, foi chefe de gabinete da Presidência, oficial de justiça avaliador e assessor de juiz. Foi nomeado juiz do Trabalho substituto do TRT da 2ª Região, promovido a juiz presidente da 14ª Junta de Conciliação e Julgamento de São Paulo, juiz substituto convocado e juiz titular do TRT da 2ª Região, onde foi corregedor auxiliar, presidente da Quinta Turma, vice-presidente judicial e vice-presidente administrativo. Em 2018, participou do VIII Congresso Internacional de Direito do Trabalho da Academia Brasileira de Direito do Trabalho e VII Jornada Iberoamericana de Derecho del Trabajo y de la Seguridad Social. Atuação em Entidades Conselheiro da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo. É membro do corpo editorial da Revista de Direito do Trabalho (São Paulo) e da Revista Eletrônica da Faculdade de Direito da PUC-SP. Fez parte da Comissão Nacional de Direito e Relações do Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego. Membro colaborador da IASP (Instituto dos Advogados de São Paulo). Membro do Conselho Consultivo da Academia Paulista de Direito. Publicações Conhecido como autor de Direito do Trabalho, pela Editora Atlas. Autor de Execução de Sentença no Processo do Trabalho, pela Editora Atlas. É autor de CLT e Legislação Complementar em Vigor em coautoria com Carla Teresa Martins Romar, pela Editora Atlas.    

Roberto Rezende

Doutorado e Mestrado pela Universidade de São Paulo / SP. Juiz do Trabalho. Professor universitário.  

Rogério Martir

Formação Acadêmica Graduação: em 1994 ingressou na Faculdades Integradas de Guarulhos, onde se bacharelou em 1998. Especialização: realizada em Direito Processual Civil pelo Centro Universitário Metropolitano de São Paulo em 2005. Atuação Profissional Atua como professor, autor de obras jurídicas e advogado. Atuação em Entidades É professor da Faculdades Integradas Torricelli, Centro Universitário Salesiano de São Paulo, Complexo Jurídico Damásio de Jesus, Faculdade Legale, do Instituto de Desenvolvimento de Estudos Jurídicos e Aperfeiçoamento Cultura e da Escola Superior da Advocacia.

Theodoro Vicente Agostinho

Formação Acadêmica Graduação: Em 1999 ingressou na Faculdade de Direito da Universidade de Sorocaba, onde se bacharelou em 2004. Pós-Graduação: Cursou pós-graduação em Direito Previdenciário na Escola Paulista de Direito, obtendo o título de especialista em 2006. Mestrado: Em 2010 obteve o título de mestre em Direito Previdenciário pela PUC/SP. Doutorado: Doutorando em Direito Previdenciário pela PUC/SP. Atuação Profissional Atua como professor, autor de obras jurídicas e advogado. Atuação em Entidades Membro da Comissão Especial de Direito Previdenciário da Ordem dos Advogados do Brasil – São Paulo.    

Thereza Christina Nahas

Formação Acadêmica Graduação: em 1988 ingressou no Centro Universitário Euripedes de Marília, onde se bacharelou em 1991. Especialização: realizada em Direito Contratual pelo Centro de Extensão Universitária em 1995; e em Direito do Trabalho pela Universidade de Lisboa em 2007. Mestrado: obteve seu título de mestre em Direito das Relações Sociais pela PUC/SP em 1999; e em Derecho del Trabajo e Trabajo Social pela Universidade Castilla de La Mancha em 2008. Doutorado: defendeu sua tese em 2002 pela PUC/SP em Direito das Relações Sociais; e em Derecho do Trabajo e Trabajo Social pela Universidade Castilla de La Mancha em 2016. Atuação Profissional Atua como professora, autora de obras jurídicas e Juíza do Trabalho Substituta do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região. Atuação em Entidades É colaboradora na Universidade de Lisboa. É colaboradora na Universidad Castilla La-Mancha. É membro permanente do corpo docente da Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo. É professora visitante na PUC/SP. É diretora cultural da Academia Brasileira de Direito do Trabalho. Publicações É autora de Desenvolvimento social e econômico e perspectiva da justiça do trabalho na reforma trabalhista, publicado pela Revista Síntese Trabalhista e Previdenciária em 2020. É autora de Desconsideração da personalidade jurídica no marco da lei da liberdade econômica, publicado pela Notícias Cielo Laboral em 2020.  

Túlio de Oliveira Massoni

Formação Acadêmica Graduação: em 1998 ingressou na PUC/SP, onde se bacharelou em 2003. Mestrado: obteve seu título de mestre em Direito do Trabalho pela USP em 2006. Doutorado: defendeu sua tese em Direito do Trabalho pela USP em 2010. Atuação Profissional Atua como professor e autor de obras jurídicas. Atuação em Entidades É professor visitante da Università degli Studi di Roma Tor Vergata. É professor adjunto temporário da Universidade Federal de São Paulo. É professor colaborador de Mestrado e Doutorado da PUC/SP. É professor convidado da Especialização da PUC/SP. É membro do grupo de pesquisa e estudo da Universidade Presbiteriana Mackenzie. É professor visitante da Escola Superior de Advocacia. Publicações É autor de Ação sindical e futuro do trabalho no centenário da OIT, publicado pela Revista de Direito do Trabalho em 2019. É coautor de Litigância de má-fé no processo do trabalho, publicado pela Revista Jurídica Consulex em 2016.

Valdir Florindo

– Desembargador  do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo – 2ª Região; – Presidente da 6ª Turma  –   2006/2008 , 2008/2010 e  2014/2016. – Presidente da SDI-4 – Seção Especializada em Dissídios Individuais – 4           2010/2012 e 2014/2016 – Convocado pelo Tribunal Superior do Trabalho – Abril 2013 a Abril 2014. Integrou as 2ª. e 7ª. Turmas. Convocado novamente pelo TST no período de 28/03/2016 a 06/05/2016. Integrou a 5ª. Turma; – Bacharel pela Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo; – Autor do Livro Dano Moral e o Direito do Trabalho, Editora LTr/SP – 4ª Edição – 2002 – esgotada; – Presidente da Academia Brasileira de Direito do Trabalho; – Titular da Academia Paulista de Magistrados; – Ex- Advogado e Coordenador-Geral do Departamento Jurídico do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC; – Ex-Coordenador e Professor dos cursos de Pós-Graduação do I.B.D.C. (Instituto Brasileiro de Direito      Constitucional); – Professor de Direito e Processo do Trabalho do Curso de Pós-Graduação da Escola Superior de Direito Constitucional; – Professor de Direito do Trabalho do Curso de Pós-Graduação da Escola Paulista de Direito; – Ex-Professor de Direito Constitucional e Processo do Trabalho do Curso de Pós-Graduação da Universidade São Francisco – USF/SP; – Membro da Asociación Iberoamericana de Derecho Del Trabajo y de la Seguridad Social; – Prêmio Imprensa 2010, em reconhecimento ao destaque em suas atividades; – Integra a Comunidade de Juristas da Língua Portuguesa – CLPJ; – Agraciado com a Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho, no grau de Comendador, conferida pelo Tribunal Superior do Trabalho, em 2010. – Grã-Cruz – Ordem do Mérito Judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região; – Agraciado com a Medalha de Ouro do Mérito Judiciário da Justiça do Trabalho da 15ª  Região/Campinas, em 2011; – Membro convidado do Instituto Brasileiro de Direito Social Cesarino Junior (I.B.D.S.C.J.); – Membro Honorário do I.G.T. – Instituto Goiano de Direito do Trabalho; – Integrou a equipe de redatores da Revista do Direito Trabalhista – Editora Consulex – Brasília- DF; – Autor de vários artigos publicados pela imprensa especializada em assuntos trabalhistas;  

Zilma Ribeiro

Formação Acadêmica Mestrado: obteve seu título de mestre em Direito do Trabalho pela USP em 2008. Atuação Profissional Atua como professora e autora de obras jurídicas. Atuação em Entidades É professora visitante da Escola Superior de Advocacia da OAB-SP.  

| AVISO DE COOKIES

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para auxiliar na navegação, aprimorar a experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo do seu interesse. Para mais informações consulte nosso Aviso Externo de Privacidade.