Por José Pacheco

O Brasil é um dos países com o maior número de advogados, são mais de 1 milhão e 200 mil profissionais, segundo dados divulgados pela Ordem dos Advogados (OAB). Além disso, o curso de Direito está entre os mais buscados por aqui, por esse motivo, atualmente, já existem mais de 1400 faculdades de Direito. Ou seja, não há como fugir dessa realidade: há instituições de ensino demais e, consequentemente, excesso de advogados.

Nesse contexto, a alta competição requer desse profissional uma qualificação cada vez maior para se destacar no mercado. Cursos de pós-graduação, experiência e produção de conteúdo jurídico são ferramentas que devem ser utilizadas pelo advogado especialista que deseja ser relevante nas melhores áreas do Direito.

Outro ponto importante é a escolha da área para se especializar, pois encontrar um ramo ainda não muito disputado será um diferencial. Portanto, neste post, você saberá quais são os ramos do Direito mais promissores, tanto no setor privado quanto no público. Se tem interesse pelo tema, então continue a leitura!

Melhores áreas do Direito no setor privado

Quanto à advocacia privada, o Direito é repleto de opções para o advogado. Contudo, devido à grande concorrência existente em segmentos tradicionais, a melhor estratégia é procurar um nicho de mercado que ainda não esteja saturado. Dito isso, este post traz algumas áreas no setor privado que mais se mostram promissoras. Conheça agora!

Direito Digital

Dentre as melhores áreas do Direito, certamente deve ser mencionada a do Direito Digital. Esse ramo cuida das repercussões jurídicas que as inovações tecnológicas causam na sociedade. Nesse sentido, há importantes questões no âmbito cível e penal.

Com a popularização do uso da internet no Brasil, assim como a maior exposição das pessoas às redes sociais, questões relativas à privacidade ganharam um importante debate que resultou em leis como o Marco Civil da Internet e a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais.

Nessa área, o advogado atuará buscando a responsabilização cível e penal daqueles que cometem atos ilícitos na internet. Há também a necessidade de observar a responsabilidade das empresas provedoras de acesso à internet ou provedoras de aplicações à internet, podendo o advogado trabalhar na defesa de tais organizações e no desenvolvimento de programas de compliance.

O salário médio nesse setor costuma ser de R$4.200. Já quanto à formação necessária para ocupar tal cargo, é interessante ter cursos de pós-graduação.

Direito Tributário

O Direito Tributário é um campo clássico em requisição de profissionais, ante ao complexo sistema tributário brasileiro. Ele continua sendo uma das melhores áreas do Direito, pois ainda apresenta crescimento no Brasil. Em tal ramo, o advogado exerce diversas atuações: contencioso, consultoria e planejamento fiscal. Em geral, o profissional é responsável por preservar os direitos dos contribuintes no que se refere ao recolhimento de tributos.

Esses serviços são demandados por empresas e escritórios, uma vez que tais negócios precisam de transparência em suas informações tributárias. Além disso, a remuneração média nesse setor é de R$7.000.

Já quanto à formação necessária, deve-se observar a prática e os estudos constantes, os quais podem ser alavancados por meio de um curso de pós-graduação.

Direito Internacional

Outro ramo do Direito muito interessante é o Direito Internacional. Essa área envolve variadas questões, como:

  • contratos internacionais;
  • comércio internacional;
  • relações entre os estados soberanos;
  • crimes contra a humanidade;
  • o funcionamento dos tribunais internacionais;
  • questões legais relativas a regimes de bens no casamento entre estrangeiros;
  • situações de cidadania;
  • trabalhos de cooperação entre os sistemas judiciários das nações.

Para se qualificar, é recomendável cursos de pós-graduação, com a finalidade de gerar mais ferramentas no desempenho do advogado especialista. A remuneração média nessa área é em torno de R$6.000.

Compliance

Ao longo dos últimos anos, o compliance se tornou uma das áreas mais promissoras, principalmente após as descobertas da operação Lava Jato e da aprovação da Lei Anticorrupção em 2013 — que surgiu como uma espécie de resposta dos legisladores aos constantes esquemas de corrupção, envolvendo corporações estatais e grandes empresas brasileiras, sobretudo construtoras.

O compliance, que significa estar em conformidade, consiste em seguir uma normatização, baseada em determinada lei que regulamenta setores da economia ou em cartilhas de melhores práticas formuladas pelas próprias organizações. Nesse caso, a atuação do advogado compreende a prestação de assessoria jurídica às companhias, com palestras, treinamentos e a elaboração de materiais educativos para os colaboradores.

Trata-se de uma área em crescente demanda, especialmente nas empresas, com remuneração média de R$7.500. Para atuar nesse segmento, é importante ter experiência em auditoria e conhecimento nas áreas cível, administrativa e contratual.

Direito empresarial

Sem dúvida, o Direito Empresarial é uma dos ramos mais bem remunerados devido à alta procura por profissionais qualificados. Os advogados corporativos são responsáveis por defender os interesses das organizações que representam, nos padrões de uma assessoria jurídica.

Tenha as mesmas condições

Por ser um campo de atuação bastante dinâmico, isso exige do advogado um estudo aprofundado sobre várias demandas e assuntos. Questões legais que envolvem as empresas, como a abertura e o fechamento de instituição, processos de falência e recuperação judicial, além de marcas e patentes, são algumas das atribuições desse profissional. Sua remuneração gira em torno de R$6.000,00, mas pode chegar aos R$15.000.

Melhores áreas do Direito no setor público

Não há dúvida de que o setor público é muito promissor para os operadores do Direito. Contudo, é necessário ressaltar que a aprovação em concurso público de provas e títulos é um requisito exigido para todas as áreas da carreira pública que apresentaremos, assim como é fundamental também a comprovação de prática jurídica por cerca de 2 a 3 anos de experiência.

Portanto, para a fase de títulos de um concurso público, o postulante ao cargo precisa saber que a pós-graduação pode ser um diferencial para conquistar a tão sonhada vaga. Para efeito de pontuação nos concursos públicos, geralmente é possível acumular duas pós-graduações lato sensu, com um mestrado e um doutorado (pós-graduações stricto sensu). Confira a seguir!

Promotoria

O promotor de justiça exerce função essencial à Justiça e tem a missão de defender os interesses sociais, difusos e coletivos. Por isso, o membro do Ministério Público atua em diversas áreas: ambiental, administrativa, constitucional, cível, penal etc.

A carreira apresenta remuneração média atraente de R$20.000. Então, devido aos altos salários, o concurso público de ingresso é bastante concorrido, requisitando que o postulante ao cargo invista significativamente na sua preparação. Por todas essas considerações, a carreira de promotor de justiça é uma das melhores áreas do Direito.

Defensoria

O defensor público também exerce uma função essencial à Justiça e tem como papel a defesa dos chamados hipossuficientes economicamente. Em outras palavras: deve defender os pobres em processos das mais diversas áreas. Ainda goza de boa remuneração em torno de R$12.000, havendo muita discrepância nas defensorias de diversos estados.

Essa é uma carreira que vem ganhando destaque, seja pela maior realização de concursos atualmente, seja pelas recentes mudanças legislativas que fortaleceram a autonomia da Defensoria, como a Emenda Constitucional n° 80/2014. Com isso, foi reforçado seu papel de função essencial e de promoção dos direitos humanos.

Magistratura

A magistratura é composta pelos juízes, no âmbito estadual e federal, responsáveis pela resolução dos processos por meio de decisões. É um cargo que apresenta remuneração média de R$18.000 na primeira instância. Como é de se imaginar, trata-se de um concurso público muito concorrido.

Em todas as suas fases, o certame tem a participação da OAB e são necessários três anos de atividade jurídica. Ademais, o concurso é de provas e títulos, exigindo do candidato, além de sólida preparação teórica, cursos de especialização.

Procuradoria

O procurador basicamente desempenha o papel de defender o ente que representa (município, estado ou a União) em âmbito judicial ou extrajudicial. Além disso, o profissional pode exercer assessoramento jurídico em questões pertinentes às rotinas administrativas do setor público.

Esse profissional atua em um órgão superior do Ministério Público e sua principal responsabilidade é defender os interesses da sociedade, ou seja, a ordem jurídica justa. Sua atuação se dá por meio do controle de inquéritos para investigação de suspeitas de crimes ou no papel de fiscal em ações ajuizadas por terceiros.

O piso salarial varia entre R$10.000 e R$15.000, principalmente para o âmbito estadual, porém, dependendo da localidade, o salário pode ser maior ou menor.

Direito Eleitoral

Basicamente, o Direito Eleitoral atua com os processos de eleição em suas diversas fases, desde a regulamentação do sistema de eleições, organização das seções eleitorais, convocação de mesários e viabilização das votações para os cargos públicos até o registro e a fiscalização de candidaturas, o acompanhamento das campanhas, a divulgação dos resultados após a eleição e o combate a abusos e fraudes.

No setor público, os profissionais, por meio da Justiça Eleitoral, implementam as políticas eleitorais vigentes, principalmente em relação aos partidos, que precisam planejar e executar suas campanhas dentro da lei.

Como você pode perceber, existem diversas áreas de atuação no Direito ao sair da universidade. O importante é escolher aquela que melhor se enquadra na sua personalidade e nos seus objetivos e encontrar a opção ideal de curso para seguir os estudos e obter essa formação.

É importante ressaltar que, para conseguir ampliar a experiência e o conhecimento na área escolhida, o mais recomendado é realizar um curso de pós-graduação, tanto para a advocacia privada quanto para concursos públicos. E, aqui na EBRADI, você encontra diversas alternativas.

A EBRADI é referência em qualificação de advogados, pois, além de contar com grandes nomes do Direito no seu corpo docente, tem método de aprendizado e excelente relação de custo-benefício. Ou seja, tudo que você precisa para se preparar para as melhores áreas do Direito e seguir rumo ao sucesso profissional.

Se você gostou do nosso post e deseja ficar por dentro de mais conteúdos como este, não deixe de assinar a nossa newsletter, assim você recebe todas as novidades na sua caixa de entrada!

newsletter

Novidades de EBRADI por e-mail

Utilizamos seus dados conforme previsto em nossos avisos de privacidade. Você pode cancelar nossa comunicação a qualquer momento. Para saber mais, clique aqui.
Utilizamos seus dados conforme previsto em nossos avisos de privacidade. Você pode cancelar nossa comunicação a qualquer momento. Para saber mais, clique aqui.

Entre em contato com a equipe EBRADI

Preencha o formulário e fale com um consultor de vendas

Condições especiais para a sua matrícula

Utilizamos seus dados conforme previsto em nossos avisos de privacidade. Você pode cancelar nossa comunicação a qualquer momento. Para saber mais, clique aqui.

| AVISO DE COOKIES

Este website utiliza cookies para melhor experiência do usuário. Ao continuar a navegação, você concorda com sua utilização. Mais informações em nosso Aviso Externo de Privacidade.