Para ser um bom advogado criminalista, é necessário ter um amplo conhecimento acadêmico e técnico e continuar estudando sempre. Além disso, é preciso saber se impor quando necessário e conseguir atingir uma lógica que consiga convencer o juiz.

É essencial passar segurança acima de tudo. Afinal, a liberdade do seu cliente está em jogo. Calcular prescrição, identificar nulidades e analisar as provas são algumas das tarefas cotidianas desse profissional. Se você se sente inseguro, começar com um estágio em um órgão público ou escritório de advocacia pode ser uma boa ideia.

Neste post, você encontrará bons motivos para ter um diferencial no mercado de trabalho, descobrirá 7 dicas que o ajudarão a crescer em sua carreira e conhecerá alguns dos desafios dessa profissão. Não deixe de acompanhar até o final!

Por que se diferenciar no mercado de trabalho?

São muitos os profissionais no mercado de trabalho. Para ser o escolhido entre tantos, é necessário existir algo especial que faça com que as pessoas optem por você. O que seria isso?

Para um advogado criminalista, esse diferencial é a especialização, que deve ser cada vez maior e melhor. Muita dedicação ao seu trabalho, bastante estudo e leitura para estar pronto para atender e ajudar os seus clientes.

Se antes esse profissional era visto apenas como aquele que lidava com crimes, hoje as empresas o procuram em caráter preventivo para, por meio de consultorias e pareceres, evitar que acabem cometendo atos ilícitos ou para ter o serviço de compliance.

Além disso, existem também os crimes pela Internet, como os que acontecem pelas redes sociais, que exigem um estudo aprofundado. O profissional tem o dever de estar preparado para o futuro da advocacia. Quer se destacar dos demais? Tenha um diferencial para oferecer!

Como se tornar um advogado criminalista de sucesso?

Infelizmente, não existe uma fórmula mágica que levará você direto para o sucesso sem maiores problemas. Você até encontrará pelo caminho pessoas que oferecerão “atalhos”, mas tenha certeza de que o preço será alto demais e nunca valerá a pena.

Então, oferecemos 7 dicas que serão úteis em sua caminhada para se tornar um advogado criminalista de sucesso e que o ajudarão a conquistar o seu objetivo.

1. Pratique a escrita e a oratória

Embora muitos advogados não deem a devida atenção a ela, a escrita é parte essencial do trabalho desse profissional. São apelações, recursos aos tribunais, alegações finais e muito mais que devem ser escritos da melhor forma, pois serão lidos por várias pessoas — desde estagiários até juízes.

Seu texto precisa ser claro e objetivo. Afinal, você espera que uma boa decisão venha dele. Para tanto, é preciso saber pedir da maneira correta. Tenha certeza de que ninguém perderá tempo se esforçando para tentar entender o que um advogado está querendo dizer. Um texto bem escrito é fundamental.

Assim também é a oratória. Você precisa passar segurança e certeza naquilo que diz quando for fazer uma sustentação oral. Não podem restar dúvidas sobre a inocência ou culpa do réu e você tem que convencer a todos disso. Se essa não é uma habilidade bem desenvolvida, procure um curso para ajudar você nesse quesito.

2. Estude muito e busque uma especialização nessa área

Estudar muito significa muito mesmo. Um excelente conhecimento técnico é o começo do caminho para ser um profissional de sucesso. E não adianta fazer isso por meio de livros resumidos. Procure pelas doutrinas sérias, desde o clássico até o moderno.

Powered by Rock Convert

Conheça a jurisprudência dos tribunais superiores e os regimentos dos tribunais. Busque cursos de pós-graduação na área. Seja determinado e estipule um tempo para você se dedicar à leitura todos os dias, sem falhas. Parece cansativo? Pode ser, mas essa determinação é que o levará ao diferencial que você procura.

3. Participe de grupos e comissões de Direito Penal

Participe das comissões da OAB, de institutos e outras entidades que estejam relacionadas ao Direito Penal, ao Processo Penal e ao seu estudo. Sugerimos a ABRACRIM (Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas). Mantenha-se presente no meio e disposto a colaborar.

4. Faça parcerias com outros escritórios

Tente fazer parcerias com escritórios de Advocacia Criminal de sua cidade, de cidades vizinhas e também com escritórios que atuam com outras áreas do Direito (Civil, Trabalhista, Empresarial etc.), oferecendo a implementação da área Penal.

5. Mantenha uma boa rede de contatos

Uma boa rede de contatos é importante para ser lembrado. Sendo assim, você vai poder aproveitar as oportunidades de networking quando elas aparecerem. Procure conhecer o presidente da Subseção da OAB da sua cidade e da Seccional da OAB de seu estado e coloque-se à disposição para o que for necessário.

Para crescer na profissão, é importante estar perto dos mais experientes, para observar e aprender com aqueles que já estão na caminhada há algum tempo. Por mais que já saibamos, nunca é tarde para aprendermos mais.

6. Conheça o processo melhor que todos

Esse é um dos grandes segredos de um bom advogado. Você precisa ser aquele que conhece melhor o processo no qual está trabalhando. Cada prova, cada argumento jurídico, em detalhe, com profundidade.

Precisa se antecipar e já ter preparada, na ponta da língua, a resposta para todos os argumentos possíveis que forem levantados contra ou a favor do seu cliente. Isso só é possível se você se preparou muito bem para aquele momento.

7. Busque ser o melhor

Essa busca precisa ser constante, pois, quando achamos que já somos bons o suficiente, entramos em uma zona de conforto que nos faz estagnar ou, até mesmo, andar para trás. A busca pelo fazer o nosso melhor é que nos impulsiona para o sucesso.

Quais são os principais desafios de trabalhar com o Direito Penal?

A prospecção de clientes

Existem quase um milhão de advogados no mercado de trabalho. Então, para conseguir clientes você não pode ser apenas mais um. É preciso um diferencial forte para se destacar dos seus colegas de profissão. Por isso, a necessidade de se especializar e se preparar muito tecnicamente.

A constante atualização

São muitas as jurisprudências e normas regulamentadoras em vigência. Estar a par de todas exige uma atualização quase que diária por parte do profissional.

O preconceito da sociedade

Muitas pessoas confundem o advogado criminalista com os clientes que ele defende quando se trata de uma causa considerada indigna ou hedionda. Então, ele passa a ser visto como “advogado de bandido” e a sociedade acaba por julgá-lo tão criminoso quanto o seu cliente.

Esse profissional luta pelo direito a um julgamento justo para todos, independentemente do crime pelo qual o cliente esteja sendo acusado. O inocente deve ganhar a liberdade e o culpado deve merecer a pena justa de acordo com a sua culpa.

Se você espera algo fácil, essa não é a profissão certa para você. Bastante trabalho, muita dedicação, muito estudo e uma rede de contatos ativa e constante são imprescindíveis para o advogado criminalista que pretende crescer na carreira e alcançar os seus sonhos.

Agora que você já conhece algumas dicas para alcançar o sucesso, leia este outro artigo e aprenda a fazer um bom networking para ter mais clientes!

Powered by Rock Convert